Make your own free website on Tripod.com
Blog Tools
Edit your Blog
Build a Blog
RSS Feed
View Profile
« November 2017 »
S M T W T F S
1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30
You are not logged in. Log in
Entries by Topic
All topics  «
Group Two
Lycos Home
CPBPG - Casa do Poeta Brasileiro de Praia Grande-SP
Thursday, 30 October 2008
1A? APOESC-PG

Participe da 1ª APOESC-PG -

 Primeira Antologia de Poetas e

Escritores de Praia Grande -

Graziella Dias Sterque

Lançamento: 19/03/2009

 

Poetas/Escritores de Praia Grande,

 chegou a hora!

 

Informe-se:

3592.2713 e 9171.1871(Celso)

 

 


Posted by Casa do Poeta at 6:18 PM BRST
Updated: Thursday, 30 October 2008 6:27 PM BRST
Post Comment | Permalink
Saturday, 18 October 2008
O LAMA E A CORRUP????O

A lama (corrupção) era tanta, que uns poucos movidos pela preocupação,
decidiram consultar um LAMA.
-Mestre o que fazer para sairmos desta lama?
O mestre pensou, pensou...Pensou mais um pouco e sentenciou.
- A lama que os cobre, é a origem da perola. Parem de olhar para o lodo e
olhem para a perola.
Os consulentes começaram a sair da frente do LAMA. O faziam sem estarem
convencidos pelo entendimento do que o mestre lhes dissera.
O mestre percebeu e chamou-os de volta a sua frente e pacientemente lhes
explicou:
-Quem gera a perola é a ostra e o que gera a ostra é o lodo. O lodo é a
ignorância que os domina e a ostra é a reação a este estado, através da
educação e do conhecimento.
Finalmente eles entenderam e voltaram para casa e ali promoveram uma
revolução.decidiram consultar um LAMA.
-Mestre o que fazer para sairmos desta lama?
O mestre pensou, pensou...Pensou mais um pouco e sentenciou.
- A lama que os cobre, é a origem da perola. Parem de olhar para o lodo e
olhem para a perola.
Os consulentes começaram a sair da frente do LAMA. O faziam sem estarem
convencidos pelo entendimento do que o mestre lhes dissera.
O mestre percebeu e chamou-os de volta a sua frente e pacientemente lhes
explicou:
-Quem gera a perola é a ostra e o que gera a ostra é o lodo. O lodo é a
ignorância que os domina e a ostra é a reação a este estado, através da
educação e do conhecimento.
Finalmente eles entenderam e voltaram para casa e ali promoveram uma
revolução.

"A principal de todas as revoluções, começa primeiro na escola. É a revolução do conhecimento, sem armas e com muito amor(CCF)"

Recebam todos, amados mestres do conhecimento os meus parabéns pela passagem do seu dia(15/10/08).


Posted by Casa do Poeta at 8:48 PM BRST
Post Comment | Permalink
Thursday, 16 October 2008
CASA DO POETA BRASILEIRO DE PRAIA GRANDE-SP
Mood:  blue
Now Playing: INFORME CPBPG

Este blog foi pensado como mais uma ferramenta da Casa do Poeta a disposição de todos que nos conhece e também daqueles

que não nos conhecem.

Queremos que você internauta, sinta-se a vontade para opinar com sugestões, elogios e criticas.

 

Sua opinião agregara um valor enorme a nossa intenção de bem servi-lo poeticamente.

Seja bem vindo, a Casa é sua!

Celso Corrêa de Freitas e Diretoria

 


Posted by Casa do Poeta at 5:10 PM BRST
Updated: Thursday, 16 October 2008 5:47 PM BRST
Post Comment | Permalink
Wednesday, 1 August 2007
Agradescimento a todos que fazem este ser o nosso querido Lar
Now Playing: Por Victor Augusto Patricio - Mr. Giga The WebMaster

Interação...

Para mim, não é difícil fazer amigos, mas quando tratamos de uma instituição é bem mais complicado. Como atrair novos e interessados membros para a nossa casa, a nossa Casa do Poeta. Pois bem, foi com esse objetivo, o de trazer novas pessoas para perto de nós que eu, Victor Augusto Patrício, mais conhecido por Mr. Giga que criei um “orkut”, esse site de relacionamentos mundialmente conhecido, me abriu portas para chegar ao meu público alvo, os poetas. Juntamente com a comunidade poetas de praia grande, fui em cada membro, deixando recados e adicionando-os, fazendo amigos, interagindo com o público cultural e aos poucos fui-lhes apresentando a nossa instituição.

Com jogadas de marketing, fotos dos meus logotipos no álbum, mostrando a profissionalidade, uma foto minha e de minha noiva se beijando, para mostrar uma interação com humanos, pessoas não máquinas e com trocadilhos no perfil, pude demonstrar o que sou e quem sou. Agora com o lançamento oficial eminente do site, poderei expandir meus horizontes, deixar esta caverna e olhar ao redor o mundo de possibilidades que temos aqui, em nossas mãos.

Talvez, vocês me chamem de estrategista, outros de louco de pedra, mas de qualquer forma, isso deu certo, é arriscar e sofrer com as conseqüências sejam positivas... Ou não!

Obrigado Pessoal, não teria conseguido isso sem vocês!

Valew Mesmo!


Posted by Casa do Poeta at 3:50 PM BRST
Post Comment | View Comments (1) | Permalink
Wednesday, 25 July 2007

 Ser um poeta

 

Por Victor Augusto Patrício

 

Ser poeta não é direito, não é honra. Ser poeta é dever!

Pois se “Deus” deu-lhe um dom, nada mais justo que você o utilize da melhor maneira, pois aquilo que escreves, será um sorriso a mais nos rostos de uma família, uma lágrima no semblante de um sofredor, um bater mais forte de coração de um amante. Pois ser poeta, não é apenas escrever de forma bela, intrigante ou nefasta. Ser poeta é transformar um horizonte ao por do sol em palavras, o sorriso da mulher amada, á lágrima que escorre ao ver alguém partir, isso é ser poeta.

Um anjo que do arco-íris tira essência,  do amor benevolência, da paixão a existência e da vida...

A melhor parte!

Isso é ser poeta, pegar pedacinho por pedacinho, sentimento a sentimento, juntar tudo isso em um papel e pronto! A partir daí é só assinar e estará pronto, um poema. Divida-o sempre com a humanidade e receberá em troca, a essência de todo poeta.

O Destino!

O Sonho!

O Saber!


Posted by Casa do Poeta at 10:50 PM BRST
Post Comment | Permalink

 

A esperança


Por: Victor Augusto Patricio

Muitos aos se depararem com obstáculos da vida pensam: "putz cara que merda, porque deus haveria de fazer uma sacanagem dessas comigo". Outros, ao se deparem com problemas do corpo dizem: “ ah “meu Deus, agora fedeu mesmo, não vou mais sair da cama, minha vida acabou”.

Para estas mesmas pessoas eu lhes digo, se você tem um problema na vida, não é à toa, sofremos com perdas, danos e desgraças no nosso cotidiano, e saibam que essas coisas não acontecem à toa, por piores que sejam.

Hoje ao perder uma pessoa que muito querida minha era, eu notei como a vida é frágil. Coloquei a minha cabeça sobre o travesseiro e pensei nas duas filhas pequenas que ela deixou, pendei no marido recém casado, na casa nova que agora se perpetua com uma sombra a menos, pensei...

Pensei na mãe desta pobre jovem, que perde seu segundo filho, pensei na tristeza de todos aqueles que a conheciam, e que sentirão sua falta.

Confesso ter chorado e sentido a dor de sua falta, mas levantei-me, sei que sua morte não haverá de ser em vão! Isso jamais, pois todos nós temos uma missão. Se sua perda foi grande, acredite, existem pessoas em pior estado. O meu caso é só mais um, na vastidão deste horizonte. Ter depressão crônica é uma batalha a  cada manham, uma batalha para abrir os olhos, erguer o corpo e seguir sua missão. Não desistirei isso posso lhes dizer com total certeza. Mas não é por que sou diferente ou especial. Hoje minha amiga me disse que é triste. Eu lhe pergunto o porquê e ela me diz, pelo simples fato de asma! Gente sabia que um alpinista asmático conseguiu escalar o Monte Everest! E mais sem oxigênio. Vocês acham que ele é especial por isso? Não! Ele é só mais um exemplo de vencedores, ele provou que mesmo tendo um desafio, ele pode superá-lo, fora o primeiro asmático a subir o Monte Everest.
isso é só uma pequena prova de que Deus não da um fardo maior que você não possa conseguir carregar. E para encerrar esta lição, gostaria de contar-lhes uma historinha que me foi dita por uma grande sábia, a minha mãe.

 

Chamada de "A cruz mais Leve"

 

Três homens estavam andando, quando as nuvens se abriram e de lá Deus apareceu. Ele deu cara cada um daqueles três homens uma cruz, e ordenou para que eles levassem a cruz para depois da montanha, através do vilarejo até passar o lago.

Pois bem, o primeiro carregou sua cruz sem reclamar.

O segundo foi meio chateado, mas seguiu seu caminho.

Já o terceiro, a este brigou, esperneou, falou mal, reclamou com deus, parou, chorou até que teve uma idéia, ele cortou um pedaço de sua cruz, assim ficando mais leve ele passou a frente de todos os dois até chegar ao lago. Um lago forte, que não dava para nadar e não havia pontes por lá.

Ao se depararem com aquele último obstáculo, os três se puseram a pensar, até que o primeiro teve uma idéia

E colocou a sua cruz por entre o lago e passou por cima.

O segundo vendo o isto, logo tratou de fazer o mesmo.

Já o terceiro, por ter cortado um pedaço de sua cruz, não pode... E sabe o que havia do outro lado daquele lago?

O Paraíso!

 

Obrigado.


Posted by Casa do Poeta at 10:33 PM BRST
Post Comment | Permalink

Como estamos próximos de Agosto, mês no qual se comemora o dia dos pais, gostaria de mandar, a mensagem abaixo, oferecendo-a a todos os pais

( COGNATOS) presentes no GRANDE

ENCONTRO DA FAMÍLIA VERDAN/SUHETT.

Sou pai sim!
mas não o seria
sem aqueles pioneiros
que vieram antes de mim

Aqueles que aqui chegaram
Verdans e Corrêas de Além-Mar
aqueles que me legaram
dos viandantes o pensar
aqueles que hoje
estou a homenagear
Um veio de GRUYÉRES
lá no cantão de FRIBOURG
deixando para trás em crise
a sua terra natal
enquanto o mancebo dos AÇORES
acá desembarcou sem os laços
que ficaram em PORTUGAL

Aquele que era SUÍÇO
aqui ajudou fundar
de braços com outros iguais
uma cidade altaneira
a serrana NOVA FRIBURGO
a SUÍÇA Brasileira

O AÇORIANO povoou
os altos do CUBATÃO
com suas mãos lusas
e os pés firmes no chão
desde a primeira picada
plantou o CORRÊA na história
da terra da PROMISSÃO(ITAPERUNA)

Obrigado JEAN e FRANCISCO
pilares de sustentação
dos que vieram a seguir
peças que o DESTINO EM TRANSIÇÃO
moveu para eu existir
no ventre da estrela DALVA(Minha Mãe)

Aquela que meu pai escolheu
para eu poder também
construir no meu peito abrigos
onde habitam quatro seres
os meus(Ceuta,Barbara, Caio e Cassio) filhos queridos(*)

(*) Tal como eu, Corrêa de Freitas no registro e VERDANS de coração.


Posted by Casa do Poeta at 10:28 PM BRST
Updated: Thursday, 16 October 2008 5:43 PM BRST
Post Comment | Permalink

CCF EM 24/07/2007(15:34 HORAS)

O avesso pinado

O plano alagado

O domínio desgovernado

Um País enrolado

Onde um povo enganado

Pela ilusão sacrificado

Sobrevive acuado

Ao peso da canga

Já acostumado

 

É sabido, e o Aurélio não me deixa mentir que avesso é contrario, inverso...é o reverso. Virar do avesso significa buscar todos os aspectos de uma questão. Coisa que no Brasil é sempre escamoteada. Principalmente quando o governo está na   causa dos problemas.

De mansinho, nas sombras das tratativas, de uma forma que só o poder determina, o Brasil está sendo pinado, bloqueado nas suas ações, pensamento e direção.

O atraso é de todos, o País também o é, mas quem está atrás das grades, não são os lalaus que sacrificam   o nosso povo.

Esses impávidos, submetem o colosso  a submissão, a sujeição. Esta sim a nossa maior tragédia.

O nosso voto, será sempre uma caixa preta. Que registrará intacta a verdade do povo. Mas não representara a sua redenção.

Não! Enquanto os pilotos dessa aeronave a pilotarem pela única via que conhecem, a via sorrateira.

A continuar assim; continuaremos, cada vez mais, como nunca na história deste País a percorrer a via crucis.

Não todos deste País, apenas aqueles Brasileiros com nariz vermelho e postiço.

Os demais...esses sim, irão relaxar e gozar.

--
Atenciosamente,

Casa do Poeta Brasileiro de Praia Grande
Celso Corrêa de Freitas e
Diretoria

Posted by Casa do Poeta at 12:10 AM BRST
Post Comment | Permalink
Monday, 23 July 2007
Discurso Feito Pelo Nosso Presidente Celso Correa de Freitas

OS HERÓIS E SEUS (SEIS) DISCIPULOS

 Meus prezados mestres!

Tenho notado uma desilusão nos seus semblantes. Às vezes sinto que estão a pensar não valer a pena tantas noites e dias investidos em diplomas, graduações e especializações, para no fim, passarem pelo que estão passando aqui e por este Brasil afora. Vejo-os, Acuados, por seres que desconhecem muitos propositalmente; o verdadeiro papel da escola nas suas vidas.

Vejo-os, Abandonados; pelos pais, que entendem caber só aos professores e a entidade que representam à tarefa de educar os seus filhos.

Esses; não tenho duvidas, Erram ao não estarem de braços dados com vocês e a escola na educação dos seus filhos; que levados por essa omissão, violam impunemente, os limites do suportável e o inadmissível, quando dentro e próximos da unidade escolar.

Quanta zoeira, quanta bagunça, quanto descaso. Mas vocês, queridos mestres, estão ali firmes na sala de aula, todos os dias, com quatro, cinco ou seis alunos, merecedores desse qualificativo. Vocês querendo passar a todos, não só a esses seis a sua pedagogia. Que não está parada no tempo, é moderna... Em minha opinião; acredito, até moderna demais.

Esses seis alunos que levam o estudo a sério, contra a sua vontade, sendo nivelados por baixo, para não prejudicar ainda mais, a desinteressada maioria.

Queridos mestres, Vocês são partes de uma entidade, que desde o principio da humanidade, mesmo nos tempos mais incultos, onde a violência, não era moda, apenas meio de sobrevivência diante da tirania, vem formando discípulos e os transformando para que eles mais tarde transformem o mundo. Portanto, queridos mestres, não desistam da sua divina missão.

O ser humano é eterno, quando o seu trabalho permanece. Em sendo assim, cada um de vocês, será eterno no coração daqueles que contra a onda, contra a maré atual, buscam através dos seus ensinamentos, serem pessoas dignas. Dignas do seu saber de onde vem a luz que os permitirá amanhã, estar fazendo, nas profissões na qual se destacarem, o bem para todos e também para esses que hoje, acham legal maltrata-los.

A todos que hoje aqui estão, gostaria de dedicar uma poesia feita, com a minha modesta ajuda, a partir do pensamento de uma educadora, que acredito e espero, esteja hoje  nesta seleta platéia. A professora Daniela da Escola Municipal Carlos Roberto Dias.


O EDUCADOR

De tudo que o criador
Colocou a serviço do mundo
O que torna mais edificante
O papel do ser humano na terra
É a missão do educador

Essa; de todas,  a mais importante...
Pois quem, a criança, ao jovem;
E ao adulto oferece
A força do seu saber
Faz da esperança uma prece
Que semeia com amor
Para enfim ver vicejar a Paz
Nos campos do senhor

Bendito é o educador
Que com suas ações relevantes
Mostra que a educação
De fato!
É a chave para novos horizontes

(Do Livreto: Os Poetas da Eja)



A PARTICIPAÇÃO DA CASA DO POETA BRASILEIRO DE PRAIA GRANDE, ATRAVÉS DO SEU PRESIDENTE CELSO CORRÊA DE FREITAS, DA SUA VICE-PRESIDENTE ELZA BATALHA E SEU ESPOSO JARES, NA FESTA DE CONFRATERNIZAÇÃO DO POLO 5-RECREACIONISTAS, DENTRO DA SEMANA DA EDUCAÇÃO EM PRAIA GRANDE(ESCOLA Isabel Figueiroa Brefere), MUITO ENGRANDECEU ESTA ENTIDADE E PELA OPORTUNIDADE LHES SOMOS GRATOS.
 

Posted by Casa do Poeta at 2:22 PM BRST
Updated: Monday, 23 July 2007 2:27 PM BRST
Post Comment | Permalink
FICHA DE ADES??O E RECADASTRAMENTO PARA A CPBPG

 CASA DO POETA BRASILEIRO DE PRAIA GRANDE

                FICHA DE ADESÃO E RECADASTRAMENTO

 

NOME:_______________________________________________________________

 

RG:      _________________________      CIC : _______________________________

 

END:    ________________________________________________________________

 

BAIRRO: _______________________      CEP:  ______________________________

 

ENDEREÇO COMERCIAL:

 

AV/RUA:______________________________________________________________

 

BAIRRO: _______________________     CEP: _______________________________

 

TELEFONES DE CONTATO:

 

RESIDENCIAL: __________________    COMERCIAL: ______________________

 

DATA DE NASCIMENTO: ____/ ___________/ ________ LOCAL: ____________

 

 

ATIVIDADE ARTISTICA: ______________________________________________

 

COMO TOMOU CONHECIMENTO DA CASA DO POETA BRASILEIRO DE PRAIA GRANDE:

 

 

 

Você colaboraria; na qualidade de sócio, com R$ 5,00(Cinco Reais) mensais?

SIM:                                                                                   NÃO:

 

GOSTARIA DE APRESENTAR ALGUMA SUGESTÃO OU COMENTÁRIO:

 

 

DATA DO PREENCHIMENTO: PRAIA GRANDE, ______/ _____________ / 2007

 

 

ASSINATURA DO DECLARANTE:                   _____________________________


Posted by Casa do Poeta at 2:17 PM BRST
Post Comment | Permalink

Newer | Latest | Older